IMG-20151223-WA0002 (1)

                          Empenhados em ajudar a menor Maria Júlia Azevedo Bonates Corrêa, 6 anos, que luta contra a Leucemia, oficiais formados em 1997 pela Academia de Polícia Militar do Paudalho (APMP), na Mata Norte do Estado,realizaram uma rifa beneficente em favor de MAJU. A campanha contou com o apoio do Clube dos Oficiais da Polícia e Corpo de Bombeiros Militar de Pernambuco, que doou uma TV Smart 32 polegadas.
A menor, que é filha do Major José Francisco Bonates Corrêa Júnior, da PM do estado do Amazonas e formado na APMP, no ano de 97, foi diagnosticada no final do último mês de setembro, começando seu tratamento ainda em terras amazonenses, com campanha de doação de sangue para as crianças vítimas da doença.
Já no primeiro momento da campanha, os oficiais de Pernambuco iniciaram uma ação de divulgação nas redes sociais, em especial através do aplicativo whatsApp, de doação voluntária de doadores de sangue.
Com a mudança de MAJU para São Paulo, onde se recupera bem no Centro Infantil Boldrini, que é um hospital de referência em Câncer, na cidade de Campinas, os oficiais iniciaram uma segunda campanha para arrecadar fundos em favor da menor na nova fase do tratamento.
O ganhador do prêmio, capitão Renato Fiquene, que é lotado na 2° Seção do Estado Maior Geral da PMPE, recebeu o prêmio, na última sexta-feira (18), das mãos do coronel Carlos D’Albuquerque, comandante-geral e presidente do Clube dos Oficiais.
Seguindo o espirito da campanha, o oficial ganhador do prêmio doou a televisão para D. Edilene, que é moradora carente da comunidade de Roda de Fogo, zona Oeste do Recife, repetindo o gesto solidário da campanha. Emocionados, o oficial e a dona de casa falaram da alegria em poder ajudar o próximo e ser ajudada.
O total arrecadado com a campanha foi de R$ 5.000,00, depositados na conta disponibilizada pela família de MAJU.

LEUCEMIA – é a doença maligna mais comum na infância. O câncer infantil, em geral, acomete as células do sistema sanguíneo e os tecidos de sustentação. Na leucemia, há um acúmulo de células anormais, que não completaram a sua maturação na medula óssea. Elas acabam por prejudicar ou impedir a formação dos glóbulos brancos (responsável pela defesa do organismo contra infecções), glóbulos vermelhos (que levam oxigênio dos pulmões para abastecer os tecidos) e plaquetas (células especializadas em estancar sangramentos). (fonte:http://www.itaci.org.br/leucemias.asp)

Fechar Menu